Viver do mercado é possível?

Felipe Freitas
Co-fundador da FlashTrader

Quase que diariamente vejo essa pergunta no Facebook, em Blogs e até em vídeos no Youtube e geralmente é feita por dois tipos de pessoas, aqueles que nunca operaram no mercado de ações, e desconhecem a nossa profissão, ou aqueles que já operam, mas são perdedores consistentes e precisam de uma prova para acreditarem que realmente é possível.

Muitas pessoas são atraídas pela possibilidade de ganhar fortunas e independência financeira. Mas, no momento da decisão, é comum fazerem uma pergunta: é possível viver do mercado? A resposta é sim, eu sou a prova disso (não será fácil, acredite)! Qualquer um pode, em algum momento, tornar-se um trader de sucesso. No entanto, para que a experiência seja realmente positiva, é fundamental derrubar alguns mitos que existem em torno dessa atividade.

O primeiro mito que precisamos arrancar da nossa cabeça está relacionado aos ganhos. Muitas vezes, por não saberem como funciona, algumas pessoas iniciam no mercado achando que vão ganhar R$ 50 mil, R$ 100 mil por dia ou até mais, geralmente são iludidos por pessoas que vendem o mercado como um sonho e que é fácil. Esses valores não são impossíveis de serem alcançados, é claro. Um trader pode muito bem ganhar R$ 50 mil, por exemplo, em um dia ou até mesmo em uma única operação. Mas o que deve ser esclarecido é que isso não vai acontecer sempre, não será uma rotina. E aí chegamos a outro mito que precisa cair.

Nunca existiu e jamais existirá caminho fácil para obter altos lucros no mercado. O mercado não é um jogo, não existem atalhos ou fórmulas mágicas. Essa atividade exige profissionalismo e, consequentemente, dedicação e disciplina. Os atalhos não existem e acreditar neles pode resultar em grandes prejuízos.

Para ressaltar o grau de seriedade com o qual a atividade deve ser encarada, podemos fazer um paralelo com uma empresa. Qualquer empreendedor que monta o próprio negócio busca o lucro. Para isso, ele se organiza e encara o desafio com seriedade. Conhece o mercado em que vai atuar, monta o fluxo de caixa, realiza um planejamento e se cerca de todas as garantias necessárias.

No mercado não é diferente. O trader deve encarar essa atividade como se fosse um negócio. É fundamental conhecer os ativos que pretende operar, entender todo ambiente no qual ele está inserido e saber quais são as variáveis que podem interferir naquele ativo. Tudo isso será essencial na hora de montar uma estratégia e definir um planejamento para as operações.

Muitas pessoas começam a operar sem fazer esse estudo, encaram a profissão como um hobby e acham que a sorte vai ajudar a ganhar dinheiro. E precisamos reforçar que isso realmente não vai acontecer. Não há “molezinhas” e macetes para viver do mercado.

Quanto tempo demora para viver do mercado?

Essa é a mais uma pergunta que muitos fazem e que não existe uma resposta. Cada um tem um perfil, momento de vida, recursos diferentes que podem influenciar muito no desenvolvimento de um trader iniciante.

A ansiedade e uma visão distorcida do que é o trade fazem muitas pessoas acharem que terão resultados instantâneos no mercado. Mas não é bem assim. Como qualquer outra profissão, existe um tempo de adaptação e aprendizagem. Um advogado ou médico recém-formados não começam ganhando rios de dinheiro no primeiro ano de trabalho. Por que com o trader seria diferente?

Costumo dizer que dentro de um período de, pelo menos, seis meses a um ano, o trader ganhará experiência, conhecerá bem o mercado e entenderá como funcionam as dinâmicas dessa atividade, obviamente se houver dedicação. Somente depois de adquirir conhecimento que estará pronto para alcançar ganhos consistentes.

Com dedicação, disciplina e dando tempo ao tempo, você estará cada vez mais preparado para os desafios da profissão e estará apto para buscar seu espaço em meio à competitividade do mercado.

Tenho outra profissão, é possível conciliar com Trade?

Você pode atuar como professor, engenheiro, advogado ou em qualquer outra atividade profissional e ainda operar no mercado é, sim, possível. Para quem não quer apenas viver do mercado, há alternativa de se dedicar a duas atividades. Mas, para esse caso, vale o mesmo conselho que é dado a um trader profissional: precisa ter foco e dedicação.

Decidiu que vai operar e continuar trabalhando para uma empresa? Então defina um período do dia e concentre-se apenas no trade. Tentar fazer tudo ao mesmo tempo e, vez outra, dar uma olhada nas ações não dará certo. O risco de perdas aumenta muito, pois as variações do mercado são constantes. Qualquer minuto de desatenção pode ser fatal e desastroso.

Se você tiver alguma dúvida em relação a outros assuntos, confira nossos materiais ou nos procure. A FlashTrader está disposta a ajudar e formar uma parceria de sucesso no mercado financeiro.

Voltar para o Blog Clear Voltar Home Blog

O que você achou deste post? Deixe sua sugestão.

Sentiu falta de alguma coisa? Esse conteúdo foi relevante pra você?
Gostaríamos de saber sua opinião para melhorarmos a experiência do blog.
Enviando

Mensagem enviada com sucesso.

Obrigado por deixar sua sugestão, ela é muito importante para nós.